top of page

MENOS MARÍLIA

A 90 dias de escolher o(a) novo(a) prefeito(a), Marília tem menos candidatos, partidos concorrentes, eleitores e filiados que nas eleições municipais de 2020. Nove pré-candidatos entram em reta final de pré-campanha para confirmar disputa ao Paço Municipal


Democracia encolhida: com menos filiados, Marília deve ter menos nomes nas urnas municipais de outubro

Exceto que ocorra atraso semelhante ao de 2020, no horário em que este texto é publicado – às 20 horas deste sábado (6) – Marília deverá ter conhecido o(a) novo(a) prefeito(a) para o 31º governo municipal e a 21ª legislatura da Câmara Municipal desde 1929.

A 90 dias de escolher o(a) sucessor (a) do reeleito Daniel Alonso (PSDB, hoje PL), Marília está rumo às urnas de outubro com menos eleitores, filiados, partidos e candidatos ao Paço Municipal na comparação às eleições municipais de 2020.

O encolhimento da cidade na disputa eleitoral em 2024 consta dos dados públicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A fotografia dos números em julho tem estreita margem de alteração pela legislação eleitoral vigente.


 

ELEITORES

Em 2020, Marília tinha 178.917 eleitores aptos a votar. Compareceram 125.732 (70,27%). Foram validados 74.056 para prefeito(a) e 101.559 para vereador(a). Outros 53.185 (29,75%) se abstiveram.

Segundo os dados consolidados de junho, o eleitorado mariliense somava 172.850 aptos – 158.182 (91,51%) com biometria e 14.668 (8,49%) sem. Na comparação com outubro de 2020 são 6.067 (3,39%) a menos.

O TSE divulgará o número de eleitores por município no próximo dia 20 para fins de cálculo de limite de gastos das campanhas. O prazo final para retirada de título de eleitor para votar nas eleições de outubro venceu em 8 de maio.

 



FILIADOS

O eleitorado mariliense contava, em 2020, com 13.423 filiados a partidos políticos. Maioria masculina (7.562 | 56%) ante 7.462 mulheres | 44%), casada (7.575 | 56%) e com mais de dez anos de filiação (10.067 | 74,13%).

O MDB reinava à frente dos demais partidos na cidade com 2.064 filiados – o PTB, segundo da lista, aparecida com 1.324. Ao todo, Marília tinha filiados em 32 dos 33 partidos do país – o Unidade Popular, a única exceção.

Passados quatro anos, o número de filiados baixou para 12.547, segundo dados de junho do TSE. Ou seja, 876 a menos (6,53%). O perfil atual ainda não foi atualizado pelo TSE em seus dados estatísticos.

O MDB segue como partido com maior número de filiados em Marília, mas agora com uma rasa diferença ao PRD de 1861 para 1.848 – apenas 13 a mais. O prazo final para filiação a tempo da disputa deste ano foi encerrado em 6 de abril.

 

PARTIDOS

A proximidade dos atuais filiados do PRD ao MDB em Marília se dá pela soma dos correligionários do Patriota e do PTB que, oficialmente juntos desde novembro de 2023, formam o novo partido.

Ainda separados, Patriota e PTB e outros 19 partidos participaram da disputa municipal em Marília em 2020. Os 21 hoje são 17 (19,05%) após a fusão PSL + Democratas que gerou o União Brasil e a incorporação do PROS ao Solidariedade.

Além do PRD e do União Brasil, as eleições municipais terão ao menos dois partidos diferentes nas urnas, ainda na comparação com 2020: o Mobiliza e o Novo, além do MDB, cujo diretório local foi reativado há poucos meses.


 

CANDIDATURAS

O MDB, aliás, deve reaparecer na disputa eleitoral em 2024 com candidaturas apenas à Câmara Municipal. Em 2020, a legenda não esteve entre as 10 para prefeito, 12 a vice e 330 a vereador nas urnas de Marília.


De 10 na disputa ao Paço Municipal restaram sete. Neste ano, há nove pré-candidaturas que ainda precisam passar pela confirmação das convenções partidárias a serem realizadas entre o próximo dia 20 e 5 de agosto.

Pré-candidatos(as) à Prefeitura de Marília no momento:

  • Eduardo Nascimento (Republicanos)

  • Flávio Rino (PV)

  • Garcia da Hadassa (Novo)

  • João Pinheiro (PRTB)

  • Lilian Miranda (PCO)

  • Márcio Cardoso (PSOL)

  • Ricardo Mustafá (PL)

  • Vinícius Camarinha (PSDB)

  • Wilson Vidoto Manzon (PDT)

Pela primeira vez, Marília teve mulheres candidatas à prefeitura em 2020, e em dose dupla. Neste ano, ao menos por ora, é apenas uma. Na Câmara Municipal, as vagas sobrem de 13 para 17. O número de candidatos(as) será confirmado nas convenções partidárias.



59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page