top of page

DANI ALONSO

Filha de prefeito de Marília (SP) busca cadeira na Alesp pela 2ª vez consecutiva. Correligionária e apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PL), candidata defende pauta conservadora e diz estar melhor preparada para disputa nas urnas em 2022

Das sete candidaturas a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) nas eleições de outubro de 2022, apenas uma atende pelo nome de uma mulher mariliense: Dani Alonso (PL).

Pela segunda vez consecutiva, a empresária e filha do prefeito de Marília, Daniel Alonso (PSDB), concorre ao parlamento paulista. Em 2018, recebeu 24.962 votos – 2.09% da coligação e 0,12% dos válidos – e ficou como quinta suplente.

Na ocasião, já era filiada ao então Partido da República (PR), atual Partido Liberal (PL), a exemplo do presidente da República e candidato a reeleição, Jair Bolsonaro, cuja pauta conservadora apoia.


De volta as urnas, a candidata afirmou ao blog estar “muito mais preparada por conhecer as necessidades dos municípios”. “Busquei saber mais sobre as necessidades do povo desde 2018. Independentemente de mandato, continuei trabalhando”.

A candidata diz ter “se encontrado com a política” em 2012, por ocasião da primeira candidatura do pai ao governo municipal – derrotado na ocasião por Vinicius Camarinha (PSDB), hoje deputado estadual em busca de reeleição.

“Senti que, em algum momento, faria parte da política. Então, me dediquei”, afirmou Alonso que, desde então, precisa conviver com os ônus e bônus da comparação com o pai, prefeito reeleito de Marília em 2020.

“Quando você já tem alguém na política se aprofunda mais. Procuro conversar muito com meu pai. Nos acertos dele, as pessoas acabam enxergando a mim, e o ônus é que se existe algo que a população esteja insatisfeita, acaba transferindo também”, analisou.

Empresária formada na loja de materiais de construção da família, Dani Alonso é a atual presidente da Associação dos Comerciantes de Material de Construção (Acomac) Centro Oeste Paulista. Divorciada, tem uma filha.


RAIO-X DA CANDIDATA

Nome: Daniele Mazuqueli Alonso

Idade: 34 anos

Profissão: empresária

Naturalidade: Marília (SP)

Partido: PL

Número na urna: 22.322

Status da candidatura: DEFERIDO

Status judicial: Representação criminal de difamação pelo ex-prefeito e ex-deputado estadual e federal, Abelardo Camarinha. Número do processo: 1015594-77.2020.8.26.0344 (TJ-SP)

Doadores declarados de campanha: Direção nacional do PL (R$ 500 mil), Eduardo Robson Raineri de Almeida (R$ 100 mil), Levi Gomes de Oliveira (R$ 80 mil), Ramiro Bonfietti (R$ 35 mil), Adalberto Tadeu Gonçalves (R$ 30 mil), Daniele Alonso (R$ 27,2 mil), Daniel Alonso (R$ 19.998,00), Diego Alonso (R$ 10 mil), Pamela Cristina Alonso (R$ 10 mil), Direção Estadual/Distrital do PL (R$ 9.022,19), Ricardo Sevilha Mustafá (R$ 5 mil), Vanderlei Dolce (R$ 5 mil), Julio Cesar de Carlis (R$ 1.250,00), Marcelo Santos Oshima (R$ 1.250,00) e Jacqueline Sevilhano (R$ 300,00).

Outras candidaturas: 2008, PR (atual PL) – deputada estadual (suplente)

67 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page