Buscar
  • Rodrigo Viudes

BLOG NO AR - 18/01

Atualizado: Jan 26

Confira, leia e ouça os destaques de nossa cobertura política nesta segunda (18) no programa 'Fala Cidade' das Rádios Clube AM/Itaipu FM: Depois de reajustar tarifa de água e esgoto, Daem quer reenviar novo parcelamento de dívidas com CPFL à Câmara. 'Diretor-pastor' de Comunicação vai ser apresentado na presidência do Legislativo. Governistas rateiam formação das comissões permanentes para o biênio 2021-2022



DAEM REAJUSTA TARIFA DE ÁGUA E ESGOTO

Como havíamos antecipado na edição da última sexta-feira, 15 de janeiro, aqui no ‘Fala Cidade’, o Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) reajustou a tarifa de água e esgoto.

O aumento de 4,29% foi publicado, mas não citado, em ato assinado pelo presidente do Daem, Marcelo de José de Macedo. O ato é atribuição da presidência, vale a partir do próximo mês e não precisa passar pelo prefeito Daniel Alonso, do PSDB.

Mas a decisão contou com assinatura do seu chefe de gabinete, Marcio Augusto Spósito, atual presidente do Conselho Deliberativo do Daem. Spósito assina a resolução que determinou o aumento das tarifas mínimas de R$ 15,83 para R$ 16,54 para residências e de R$ 44,45 para R$ 46,45 para comércio, indústrias, próprios públicos e outros.

Procurado pelo jornalismo Clube/Itaipu, o presidente do Daem, Marcelo de Macedo, afirmou que o aumento se trata apenas de uma correção monetária. Disse ainda que o reajuste é necessário para ajudar a autarquia a reequilibrar as contas frente à inadimplência que, em 2020, bateu a casa dos 46%.

Ou seja, da receita de R$ 12 milhões, quase a metade não teria chegado aos cofres em decorrência da falta de pagamento.

Macedo afirmou ainda que o maior custo do Daem atualmente é com energia elétrica. Ele confirmou ao jornalismo Clube Itaipu que solicitará ao Executivo reenvio de um projeto de parcelamento da dívida milionária da autarquia com a CPFL Paulista.

Cabe lembrar que o projeto citado acabou não incluso na pauta da última sessão ordinária de 2020 por falta de informações requeridas pelo vereador Luiz Eduardo Nardi, do Podemos.

Desta vez, o presidente do Daem afirmou que enviará ofício a cada um dos vereadores e estará à disposição para quaisquer esclarecimentos. A primeira sessão ordinária de 2021, e da atual legislatura, é em primeiro de fevereiro. Até lá, ainda vai rolar muita água debaixo da ponte do Daem.


CÂMARA APRESENTA PASTOR-DIRETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

É, o silêncio do novo diretor de Comunicação da Câmara Municipal de Marília deve, enfim, terminar hoje. No exercício do cargo desde a semana passada, o pastor Laio Rodrigues vai atender a imprensa pela primeira vez em coletiva agendada para as 11 horas desta segunda-feira, 18 de janeiro.

O primeiro encontro será na sala da presidência da Câmara Municipal, ao lado do chefe, o presidente Marcos Rezende, do PSD, que também terá a oportunidade para justificar sua indicação.

Afinal de contas, é a primeira vez que um jornalista não assume a função, muito embora a legislação atual não exija formação em Comunicação Social.

O jornalismo Clube Itaipu até tentou falar com o novo diretor-pastor na última quinta-feira. A reportagem bateu à porta da TV Câmara, mas não recebida. A hospitalidade da casa coube à jornalista Gabriela Cardoso, que apenas comunicou o recado do novo chefe, confirmado logo depois pela assessoria de imprensa do Legislativo.

“O diretor de Comunicação Social da Câmara de Marília, Laio da Silva Rodrigues, irá se pronunciar na segunda-feira, dia 18, durante coletiva agendada para acontecer às 11 horas, na sala da presidência do Poder Legislativo”.

Por não ter sequer recebido a reportagem das rádios Clube e Itaipu, o diretor-pastor já cometeu seu primeiro pecado na função, conforme reza uma de suas atribuições legais como diretor de comunicação social, a saber: “Promover o bom relacionamento entre a imprensa e os meios de comunicação”. É o que se espera, pelo menos a partir de hoje.


MAIORIA GOVERNISTA RATEIA CADEIRAS PRINCIPAIS COMISSÕES PARA BIÊNIO 2021-2022

Foram publicadas na edição do último sábado, 16 de janeiro, no Diário Oficial do Município de Marília, as novas comissões permanentes da Câmara Municipal para o biênio 2021/2022.

Estas comissões têm entre as prerrogativas estudar os projetos submetidos ao seu exame, realizar audiências públicas, solicitar depoimentos de autoridades e cidadãos, acolher reclamações ou queixas de qualquer pessoa e fiscalizar os atos do Executivo.

As duas principais comissões, de Justiça e Redação e a de Finanças, Orçamento e Servidor Público foram ocupadas majoritariamente por vereadores da base governista do prefeito Daniel Alonso, do PSDB.

Responsável por validar a constitucionalidade dos projetos que vão ao plenário, a Comissão de Justiça e Redação será formada por Evandro Galete, do PSDB; Professora Daniela, do PL e o oposicionista Luiz Eduardo Nardi, do Podemos.

Já a de Finanças, Orçamento e Servidor Público agora será formada por Junior Moraes, do PL; Elio Ajeka, do Progressistas e Marcos Custódio, do Podemos – todos governistas.

Entre 2019 e 2020, as presidências destas duas comissões foram ocupadas pelo progressista Maurício Roberto, na de Justiça e Redação; e pelo tucano José Luiz Queiroz, na de Finanças, Orçamento e Servidor Público.

Ambos não tiveram uma relação das mais fáceis com o presidente da casa, Marcos Rezende, sobretudo depois dos embates provocados pela revogação do reajuste do salário dos vereadores e do racha que quase custou o cargo de Rezende, pela não votação do plano de carreira dos servidores público municipais.

Daí a importância do realinhamento dos novos titulares das comissões para uma formação, digamos, mais aderente às demandas do Executivo. Segundo o Regimento Interno, a escolha das cadeiras se dá em comum acordo.

Além das duas comissões já citadas, a Câmara Municipal ainda conta com as de Saúde e Assistência Social; Agricultura, Indústria e Comércio; Obras e Serviços Públicos; Educação e Cultura; Direitos Humanos e Defesa do Consumidor; Ecologia e Meio Ambiente e Relações do Trabalho.

NOTA DO EDITOR: O conteúdo compartilhado com as rádios Clube AM/Itaipu FM é independente e não representa, necessariamente, a opinião do programa 'Fala Cidade'

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com