Buscar
  • Rodrigo Viudes

BLOG NO AR – 21/01

Atualizado: Jan 26

Confira, leia, assista e ouça os destaques de nossa cobertura política nesta quinta (21) no programa 'Fala Cidade' das Rádios Clube AM/Itaipu FM: Secretário municipal da Saúde esclarece dados públicos da gestão de combate à covid-19 em Marília em sabatina com vereadores na Câmara Municipal. Plenária com prefeitos e presidentes do legislativo da região pede manutenção de repasses a Santas Casas pelo estado


SABATINA COM SECRETÁRIO DA SAÚDE ESCLARECE DADOS PÚBLICOS DE COMBATE À COVID

O secretário municipal de Saúde, Cássio Luiz Pinto Junior, o Cassinho, foi sabatinado pelos vereadores na manhã e começo da tarde desta quarta-feira, 20 de janeiro, na Câmara Municipal de Marília.

Em pauta, todo o trabalho desenvolvido pela pasta e a própria administração municipal desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março do ano passado. A iniciativa foi do vereador agente federal, Junior Fefin, do PSL, que convidou pessoalmente o secretário a estar presente na Câmara nesta quarta-feira.

Por quase três horas, Cassinho foi questionado sobre o valor total de investimentos, a aplicação de recursos, a criação de novos leitos para UTIs, a contratação de médicos, as transferências de pacientes, a disponibilidade de testes, os supostos repasses de deputados e, claro, a respeito das próximas vacinações em Marília.

O secretário respondeu uma a uma as perguntas feitas pelos vereadores Fefin, Luiz Eduardo Nardi, do Podemos, de forma remota; e ainda Eduardo Nascimento, do PSDB; Danilo da Saúde, do PSB; Junior Moraes, do PL; Rogerinho, do Progressistas e Wania Ramos, do Republicanos.

Também acompanharam a sabatina na sala Nasib Cury, na Câmara Municipal, os vereadores Elio Ajeka, do Progressistas e Ivan Negão, do PSB, além de Marcos Custódio, do Podemos, pela transmissão da TV Câmara. A Professora Daniela, do PL, foi representada pelo chefe de gabinete. A única ausência foi de Evandro Galete, do PSDB.

Sabatina foi solicitada pelo vereador agente federal Junior Fefin (PSL) após convite ao próprio secretário

Em entrevista ao jornalismo Clube Itaipu, o Junior Fefin, afirmou não ter observado nenhuma ilegalidade nos esclarecimentos prestados pelo secretário, mas criticou algumas decisões tomadas pela gestão municipal ao longo desta pandemia.

(sonora Fefin)

Segundo informou Cassinho, é fake News a informação de que o investimento contra a covid em Marília seja de R$ 112 milhões. O correto é o que consta no Portal da Transparência. Ou seja: pouco mais de R$ 36 milhões de reais.
Secretário municipal da Saúde, Cassio Pinto, esclareceu dados que já estavam disponíveis no Portal da Transparência

Ele confirmou uma reserva de receita na ordem de R$ 8 milhões a serem utilizados para a compra de EPIs (equipamentos de proteção individual) e também o uso de parte dos recursos para a manutenção dos pagamentos em dia dos servidores da saúde.

Questionado sobre os dez leitos oferecidos pelo Hospital Beneficência Unimar, ele esclareceu que o município não poderia assumi-los sem médicos e equipamentos. Os mesmos leitos acabariam cedidos para uso em medicina suplementar pela Unimed.

Cassinho afirmou ainda não fazer sentido a abertura de novos leitos de UTIs em Marília se o governo federal, que paga a conta, tem vagas disponíveis na região. A cidade tem convivido com a ocupação máxima há quase duas semanas e já transferiu pelo menos quatro pacientes a cidades da região.

O secretário afirmou ainda ter ficado em situação de “saia justa” nos últimos meses pelo envio de recursos federais a hospitais da cidade por suposta indicação de deputados. Ele frisou que este dinheiro é de gestão exclusiva do governo municipal.

Por fim, Cassinho confirmou o início do programa de imunização dos profissionais da Saúde em Marília a partir desta sexta-feira e estimou a vacinação de idosos para o próximo dia 6 de fevereiro, no ginásio da avenida Santo Antonio, a depender da chegada de mais imunizantes na cidade.

As informações prestadas pelo secretário municipal da saúde podem ser conferidas no Portal da Transparência, disponível no site da Prefeitura de Marília, o www.marilia.sp.gov.br.



PLENÁRIA NA CÂMARA DE MARÍLIA DEBATE CORTE DE REPASSES A SANTAS CASAS DA REGIÃO

Prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais de pelo menos 20 cidades da região de Marilia são aguardados na manhã desta quinta-feira, 21 de janeiro, na sede do legislativo mariliense para a realização de uma plenária sobre o corte no repasse de verbas para as Santas Casas.

O movimento político regional é contrário à resolução número um da Secretaria de Estado da Saúde que estabeleceu medidas de restrição orçamentárias para 2021, pode reduzir em 12% o valor do repasse de subvenções a instituições filantrópicas. Apenas na região de Marília, a perda chegaria a R$ 80 milhões por mês.

Em entrevista ao jornalismo Clube Itaipu, o organizador do evento, o presidente da Câmara Municipal de Marília, Marcos Rezende, do PSD, diz que buscará o diálogo com o governo estadual pela revogação da Resolução número um o quanto antes.

Questionado em sua visita a Marília na última terça-feira, o governador João Dória, do PSDB, negou que as Santas Casas venham a ter corte de repasses. E mais: garantiu que o estado pode complementar o que vier a faltar por conta da pandemia. A se aguardar.

NOTA DO EDITOR: O conteúdo compartilhado com as rádios Clube AM/Itaipu FM é independente e não representa, necessariamente, a opinião do programa 'Fala Cidade'

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com