top of page

O ESCOLHIDO DO PREFEITO

Atualizado: 23 de mai.

Procurador geral do município é indicado por Daniel Alonso (PL) como pré-candidato do governo para as eleições de outubro. Ex-secretário municipal de diferentes pastas, Mustafá disputará Executivo pela 1ª vez. Confira a lista atualizada de 'pré-prefeitáveis' em Marília


O candidato do governo: procurador geral, Ricardo Mustafá (PL) e o prefeito Daniel Alonso (PL) | Foto: PMM

A menos de dois meses das convenções partidárias e do registro de candidatura, mas depois dos posicionamentos de mais de quase uma dezena de concorrentes, o prefeito Daniel Alonso (PL) confirmou nesta terça-feira (21) o nome do governo municipal que deverá estar nas urnas de outubro.

O escolhido é o procurador geral do município, o advogado Ricardo Mustafá (PL). O nome será oficialmente apresentado em encontro do PL a ser realizado na manhã deste sábado (25) em um dos principais hotéis da cidade.

Para ser confirmado em sua pré-candidatura, Ricardo Mustafá deverá ser exonerado de seu cargo até 6 de junho – quatro meses antes da data das eleições, segundo regra eleitoral de desincompatibilização.




DISPUTA INTERNA

O blog apurou que a definição de Alonso por Mustafá foi definida em reunião realizada na manhã desta terça-feira (21) em que estiveram presentes pelo menos outros três nomes do primeiro escalão cotados a ‘prefeitáveis’.

Ou seja, o assessor de gabinete e atual presidente do diretório municipal do PL, Alysson Alex Souza e Silva; o chefe de gabinete, Levi Gomes de Oliveira (PSB) e até o vice-prefeito, Cícero da Silva (PL).

Apesar da concorrência interna, Alonso preferiu Mustafá aos demais por considerá-lo a melhor opção que lhe restou para suportar os embates próprios de uma pré-candidatura pós-governo de oito anos com seus erros e acertos.



GESTÃO

Mustafá compôs, no entanto, o primeiro escalão do primeiro Governo Alonso (2017-2020) por três anos e quatro meses como secretário das pastas de Meio Ambiente e Limpeza Pública (separadas posteriomente), Administração e Saúde.

Nesta última, renunciou ao cargo, em plena pandemia do coronavírus, para uma candidatura à Câmara Municipal, que não ocorreria. Ele voltaria ao governo Alonso em agosto de 2022, nomeado como procurador geral do município.

Pré-candidato pela primeira vez ao Executivo, Mustafá concorreu a uma cadeira no Legislativo em 2012 pelo PMDB (atual MDB) e em 2016, pelo PTB (atual PRD). Natural de São José do Rio Preto (SP), ele tem 48 anos.


 

PREFEITÁVEIS

Com a indicação de governo a Ricardo Mustafá (PL) para as eleições, as pré-candidaturas já anunciadas somam nove nomes até o momento para a cadeira mais importante do Paço Municipal “Capitão Adorcino de Oliveira Lyrio”. São eles:


  • Eduardo Nascimento (Republicanos)

  • Flávio José Rino Guimarães (PV)

  • Garcia da Hadassa (Partido Novo)

  • João Pinheiro (PRTB)

  • Lilian Miranda (PCO)

  • Márcio Cardoso (PSOL)

  • Ricardo Mustafá (PL)

  • Vinícius Camarinha (PSDB)

  • Wilson Vidoto Manzon (PDT)


Todos os nomes precisam ser validados nas convenções partidárias que serão realizadas entre 20 de julho e 5 de agosto. Inclusive os candidatos ao Legislativo. A disputa será por 17 cadeiras – quatro a mais que a formação atual de plenário.



366 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page